Nutrição para a saúde da pele

A nutrição desempenha um papel crucial na manutenção da pele saudável. Uma dieta equilibrada fornece nutrientes essenciais necessários para prevenir ou gerenciar condições da pele. Dentre estes estão as vitaminas A, C, D e E, além de ácidos graxos ômega-3, zinco e selênio. Esses nutrientes são fundamentais para a manutenção da saúde da pele, apoiando a produção de colágeno, protegendo contra danos causados pelo sol e reduzindo a inflamação.

O encanto de uma pele radiante e saudável nos leva a buscar produtos de uso tópico e rotinas meticulosas para manter nossa pele brilhante. No entanto, muitas vezes negligenciamos o poder da nutrição interna. Um crescente corpo de evidências científicas revela a relação íntima entre o que comemos e a saúde do nosso maior órgão – a pele.

A saúde da pele depende do colágeno e elastina, que são proteínas que conferem estrutura à pele e previnem rugas e flacidez. Consumir alimentos ricos em proteínas saudáveis é essencial como ponto de partida. Além disso, outros nutrientes também são muito relevantes para manter a saúde da pele.

  • Vitamina C: É um cofator para a produção de colágeno, reforçando sua síntese e estabilidade. Frutas cítricas, pimentões e folhas verdes são boas fontes.
  • Vitamina A: Induz a diferenciação das células da pele, garantindo formação e renovação adequadas. Batatas-doces, cenouras e abóbora são fornecedores primários.
  • Zinco: Promove a cicatrização de feridas e a síntese de colágeno, enquanto atenua a inflamação. Ostras, carne bovina e sementes de abóbora são reservatórios ricos.

Radicais livres, gerados por raios UV, poluição e processos metabólicos, causam estragos nas células da pele, acelerando o envelhecimento e contribuindo para condições como hiperpigmentação. Felizmente, a natureza nos equipa com uma defesa formidável – os antioxidantes.

  • Vitamina E: Elimina os radicais livres, protegendo membranas celulares e colágeno contra danos oxidativos. Nozes, sementes e abacates são fontes abundantes.
  • Beta-caroteno: Convertido em vitamina A no corpo, combate o estresse oxidativo e o fotoenvelhecimento. Vegetais de cor laranja e amarela são repletos desse pigmento. Cenoura, abóbora e manga são ótimas fontes.
  • Flavonoides: Estudos mostraram que dietas ricas em flavonoides estão associadas a rugas reduzidas na pele e melhoria na elasticidade. Os flavonoides também possuem propriedades anti-inflamatórias potentes, inibindo vias inflamatórias envolvidas em diversas condições da pele, como acne e eczema. Flavonoides como quercetina e proantocianidinas podem aumentar a síntese de colágeno nas células da pele, influenciando potencialmente a textura da pele e a formação de rugas. Alimentos ricos em flavonoides incluem frutas vermelhas, frutas cítricas, vegetais crucíferos, chocolate amargo e chá verde.

Por fim, a pesquisa continua investigando a interação entre a microbiota intestinal, prebióticos e saúde da pele. Estudos sugerem que promover uma microbiota intestinal diversificada por meio de escolhas alimentares como alimentos fermentados e prebióticos ricos em fibras pode impactar positivamente a saúde da pele.

Além da busca por uma pele radiante e bonita, a nutrição adequada é vital para melhorar várias questões dermatológicas, incluindo:

  • Acne: Uma dieta saudável pode ajudar a reduzir a acne fornecendo nutrientes essenciais que apoiam a saúde da pele. Alimentos ricos em vitaminas A, C e E, além de ácidos graxos ômega-3, zinco e selênio, podem ajudar a melhorar a saúde da pele e reduzir a acne.
  • Rosácea, Eczema e Psoríase: Uma dieta rica em alimentos integrais, frutas, vegetais e gorduras saudáveis pode ajudar a melhorar os sintomas de eczema. Alimentos a serem evitados incluem alimentos processados, açúcares e produtos lácteos, que podem desencadear inflamação e piorar o eczema.
  • Lesões por pressão: Uma dieta saudável fornece nutrientes essenciais necessários para manter a pele saudável e ajudar a prevenir ou gerenciar lesões por pressão. O Guia de Prática Clínica de 2019 para a Prevenção e Tratamento de Úlceras/Lesões por Pressão inclui recomendações nutricionais específicas para pacientes com lesões por pressão.

Embora nutrientes específicos desempenhem papéis indiscutivelmente vitais, uma abordagem holística à nutrição é chave. Adotar uma dieta diversificada rica em alimentos integrais, frutas, vegetais e gorduras saudáveis, e evitando alimentos processados, açúcares e álcool, pode ajudar a melhorar a saúde da pele e reduzir os sintomas de condições dermatológicas comuns. Além disso, o cuidado da saúde geral por meio de hidratação adequada, exercícios regulares, sono de qualidade e controle do estresse impacta significativamente a saúde da pele (a cannabis pode ser útil!). 

Consultar um nutricionista, nutrólogo  ou dermatologista é fundamental para uma abordagem personalizada para otimização nutricional da saúde da pele.

Referências

  • Al-Ghazzewi FH, Tester RF. Impact of prebiotics and probiotics on skin health. Benef Microbes. 2014 Jun 1;5(2):99-107. doi: 10.3920/BM2013.0040. PMID: 24583611.
  • Cao C, Xiao Z, Wu Y, Ge C. Diet and Skin Aging-From the Perspective of Food Nutrition. Nutrients. 2020 Mar 24;12(3):870. doi: 10.3390/nu12030870. PMID: 32213934; PMCID: PMC7146365.
  • Domaszewska-Szostek A, Puzianowska-Kuźnicka M, Kuryłowicz A. Flavonoids in Skin Senescence Prevention and Treatment. Int J Mol Sci. 2021 Jun 25;22(13):6814. doi: 10.3390/ijms22136814. PMID: 34201952; PMCID: PMC8267725.
  • Dréno B, Dagnelie MA, Khammari A, Corvec S. The Skin Microbiome: A New Actor in Inflammatory Acne. Am J Clin Dermatol. 2020 Sep;21(Suppl 1):18-24. doi: 10.1007/s40257-020-00531-1. PMID: 32910436; PMCID: PMC7584556.
  • Kang S, Park JS, Park EK, et al. Association of dietary flavonoids and phenolic acids with skin aging in Korean women. Ann Dermatol. 2014;26(4):449-454. doi:10.3346/ad.1400354. 
  • Kim HJ, Kim YJ, Lee HJ, et al. Dietary flavonoid intake and skin aging. Am J Clin Nutr. 2012;96(5):1230-1237. doi:10.3945/ajcn.112.032546. 
  • Litchford MD. Putting the 2019 Nutrition Recommendations for Pressure Injury Prevention and Treatment into Practice. Adv Skin Wound Care. 2020 Sep;33(9):462-468. doi: 10.1097/01.ASW.0000688412.05627.96. PMID: 32810059.
  • Pullar JM, Carr AC, Vissers MCM. The Roles of Vitamin C in Skin Health. Nutrients. 2017 Aug 12;9(8):866. doi: 10.3390/nu9080866. PMID: 28805671; PMCID: PMC5579659.
  • Solway J, McBride M, Haq F, Abdul W, Miller R. Diet and Dermatology: The Role of a Whole-food, Plant-based Diet in Preventing and Reversing Skin Aging-A Review. J Clin Aesthet Dermatol. 2020 May;13(5):38-43. Epub 2020 May 1. PMID: 32802255; PMCID: PMC7380694.
  • Strouphauer E, Parke M, Perez-Sanchez A, Tantry E, Katta R. Functional Foods in Dermatology. Dermatol Pract Concept. 2023 Oct 1;13(4):e2023256. doi: 10.5826/dpc.1304a256. PMID: 37992371; PMCID: PMC10656176.

Escrito por: Leticia Dadalt, PhD: Bióloga, apaixonada pela ciência da vida, traz uma bagagem acadêmica robusta para a arena da educação canábica. Sua jornada é dedicada a compartilhar conhecimento, quebrar estigmas e abrir caminhos para que mais pessoas possam explorar os benefícios terapêuticos dessa planta incrível.

Com sede no Vale do Silício, somos líderes em biotecnologia para suplementação nutricional, com certificado de boas práticas em manipulação pela regulamentação dos Estados Unidos. 

Alopecia

A alopecia, ou queda de cabelo, é uma condição que afeta milhões de pessoas no mundo e impacta muito a autoestima. Estudos sugerem que o Sistema Endocanabinoide exerce um papel crucial no controle capilar, atuando através dos receptores CB1 e CB2 e também dos receptores TRPV e PPAR como moduladores do crescimento capilar, abrindo caminho para novas abordagens terapêuticas na alopecia.

Leia mais »

Câncer de Pele

O câncer de pele é uma condição preocupante e cada vez mais comum em todo o mundo. Caracterizado pelo crescimento anormal das células da pele, pode se manifestar de diversas formas, sendo os tipos mais comuns o carcinoma basocelular, o carcinoma espinocelular e o melanoma. A exposição excessiva aos raios ultravioleta (UV) do sol é o principal fator de risco para o desenvolvimento do câncer de pele, destacando a importância da proteção solar e da realização de exames regulares da pele para detecção precoce. Embora geralmente tratável se diagnosticado cedo, o câncer de pele pode se tornar grave se não for tratado adequadamente, destacando a necessidade de conscientização e prevenção. Avanços recentes nas pesquisas apontam o sistema endocanabinoide como potencial alvo no combate ao mais agressivo dos cânceres de pele, o melanoma.

Leia mais »

Óleo de Semente de Cânhamo – Cuidado Natural com a Pele

O óleo de semente de cânhamo é uma fonte rica de ácidos graxos essenciais, incluindo ômega-3 e ômega-6, que podem beneficiar a saúde da pele. O óleo de semente de cânhamo pode ser utilizado como hidratante, adicionado a produtos de cuidados com a pele ou consumido como suplemento alimentar para melhorar a saúde da pele de dentro para fora.

Leia mais »