Como Escolher um Bom Óleo de Cannabis: A Ciência por Trás da Qualidade

A ciência por trás da escolha do óleo de cannabis ideal para resultados eficazes. Priorize produtos orgânicos, livres de contaminantes, e atente-se aos testes laboratoriais. O poder do Full Spectrum, combinando CBD, CBG e CBN, para potencializar benefícios terapêuticos. A escolha certa pode ser crucial para uma jornada de bem-estar e saúde aprimorada.

Selecionar um óleo de cannabis de qualidade é crucial para garantir resultados eficazes. Opte por produtos derivados de plantas de cannabis cultivadas organicamente, garantindo que não contenham pesticidas ou herbicidas prejudiciais. A Cannabis sativa é uma planta bioacumuladora, o que significa que este quesito é inegociável! Certifique-se de escolher óleos que passam por rigorosos testes laboratoriais independentes para confirmar a ausência de contaminantes e a precisão das concentrações de canabinoides. É importante que o fabricante seja transparente acerca de suas práticas e métodos. Isso pode ser verificado através de certificados de boas práticas e pelo CoA (Certificado de Análises). Estudos ressaltam a importância dessas práticas para assegurar a eficácia do tratamento.

Salvo em casos individuais com contraindicações específicas, priorize produtos de espectro completo (Full Spectrum), que contêm não apenas CBD, mas também outros canabinoides, terpenos e flavonoides presentes na planta. Pesquisas, como as conduzidas por Russo (2011)², indicam que o espectro completo pode proporcionar benefícios terapêuticos mais amplos, graças ao “efeito entourage”. Este fenômeno refere-se à interação sinérgica entre os diversos compostos da planta, potencializando seus efeitos terapêuticos quando combinados. Dessa forma, o óleo de CBD de espectro completo pode oferecer uma experiência terapêutica mais abrangente e eficaz.

Óleo Full Spectrum rico em CBD: Segurança e Eficácia

Com quase 1500 estudos já publicados, o canabidiol é um composto com perfil de segurança muito alto e com eficácia bem estabelecida para diversas patologias. Pesquisas novas são publicadas com frequência, e já há evidências que sustentam usos médicos do CBD para:

  • Ansiedade e Depressão: O CBD pode ajudar a aliviar os sintomas de ansiedade e depressão.
  • Transtornos Neurológicos: O CBD tem sido estudado por seu potencial no tratamento de distúrbios neurológicos, como epilepsia e doença de Parkinson.
  • Manejo da Dor: O CBD pode ter um impacto benéfico nos sintomas de dor, incluindo dores crônicas e doenças reumáticas.
  • Tratamento de Dependência: O CBD pode ser útil para aliviar ansiedade e depressão em pessoas com dependência química.
  • Sintomas Relacionados ao Câncer: O CBD pode ajudar a reduzir os sintomas e efeitos colaterais relacionados ao tratamento do câncer, como náuseas, vômitos e dor.
  • Outras Condições: a lista é extensa, incluindo inflamação, distúrbios gastrointestinais, enxaqueca, diabetes, TEA, etc.

Óleos com CBG e CBD: Uma Dupla Poderosa

Enquanto o CBD ganha destaque por seus efeitos anti-inflamatórios e ansiolíticos, o CBG (canabigerol) se apresenta como um coadjuvante poderoso. Estudos sugerem que a combinação de CBD e CBG pode intensificar os benefícios terapêuticos, abordando uma variedade de condições.

O CBG interage com nosso sistema endocanabinoide como um agonista fraco de ambos os receptores CB1 e CB2, interage com os receptores TRPV e 5HT1A e pode modular a resposta imunológica ao influenciar o metabolismo da IL-6 alfa-TNF.

Essa sinergia se tem se mostrado muito interessante para diversas patologias:

  • Doenças inflamatórias do sistema digestivo, diminuindo a inflamação e melhorando o apetite;
  • Doenças autoimunes, com destaque para artrite reumatoide;
  • Dor: o CBG atua em diferentes tipos de dor, se valendo de mais de um mecanismo, o que o torna uma opção interessante para quadros dolorosos de origens diversas e de difícil controle. Ainda, por ser um canabinoide não psicotrópico, costuma ser mais bem tolerado que o THC.
  • Doenças do Sistema Nervoso: estudos já demonstraram que o CBG combinado com o CBD reduz a neuroinflamação, e exerce propriedades neuroprotetoras. 
  • Pele: suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes são ótimas para a saúde da pele, podendo auxiliar em quadros de dermatite, psoríase, acne, coceira e outras condições inflamatórias da pele.

Ainda, existem muitos relatos anedóticos de melhora na disposição durante o dia, mas sem causar agitação e mantendo a ansiedade controlada em pacientes que sofrem com fadiga crônica de diferentes origens.

Óleo com CBD e CBN: O Duo Relaxante

O CBN (canabinol) foi um dos primeiros canabinoides a serem isolados e é conhecido como o canabinoide do sono. Recentemente, estudos têm confirmado essas propriedades relaxantes e levemente sedativas. Quando combinado com o CBD, cria-se um poderoso elixir para alívio do estresse, ansiedade e insônia. De modo simplificado, o CBN é relaxante e ajuda a induzir o sono, enquanto o CBD (na dose apropriada) aumenta o tempo de sono REM. A interação entre esses compostos regula o ciclo circadiano, promovendo um sono mais profundo e restaurador. 

Além disso, existem indicações de CBN para:

  • Alívio da Dor
  • Redução da Pressão Intraocular, auxiliando no manejo de alguns tipos de glaucoma.
  • Estimulação do Apetite
  • Propriedades Antieméticas, ajudando a reduzir náuseas e vômitos.

Em resumo, ao escolher um óleo de CBD, leve em consideração a qualidade, preferindo produtos de fontes confiáveis e testados. Ao explorar óleos que combinam CBD com CBG e CBN, você pode potencializar os benefícios terapêuticos, proporcionando alívio abrangente para uma variedade de condições. Esteja você no papel de médico prescritor ou paciente consumidor, a escolha do óleo certo pode ser o passo decisivo para uma jornada de bem-estar e saúde aprimorada.

Referências

  • Pamplona, F. A., & Takahashi, R. N. (2012). Psychopharmacology, 219(1), 247–265.
  • Russo, E. B. (2011). British Journal of Pharmacology, 163(7), 1344–1364.
  • Brierley, D. I., Samuels, J., Duncan, M., Whalley, B. J., & Williams, C. M. (2016). Neuropharmacology, 110(Pt A), 102–115.
  • Ferber, S. G., Namdar, D., Hen-Shoval, D., Eger, G., Koltai, H., Shoval, G., … & Weller, A. (2020). Journal of Cannabis Research, 2(1), 1–11.
  • Shannon, S., Lewis, N., Lee, H., & Hughes, S. (2016). CNS Drugs, 30(5), 417–431.
  • Hsiao, Y. T., Yi, P. L., Li, C. L., & Chang, F. C. (2012). Pharmacology Biochemistry and Behavior, 102(2), 222–227.

Escrito por: Leticia Dadalt, PhD: Bióloga, apaixonada pela ciência da vida, traz uma bagagem acadêmica robusta para a arena da educação canábica. Sua jornada é dedicada a compartilhar conhecimento, quebrar estigmas e abrir caminhos para que mais pessoas possam explorar os benefícios terapêuticos dessa planta incrível.

Com sede no Vale do Silício, somos líderes em biotecnologia para suplementação nutricional, com certificado de boas práticas em manipulação pela regulamentação dos Estados Unidos. 

Alopecia

A alopecia, ou queda de cabelo, é uma condição que afeta milhões de pessoas no mundo e impacta muito a autoestima. Estudos sugerem que o Sistema Endocanabinoide exerce um papel crucial no controle capilar, atuando através dos receptores CB1 e CB2 e também dos receptores TRPV e PPAR como moduladores do crescimento capilar, abrindo caminho para novas abordagens terapêuticas na alopecia.

Leia mais »

Câncer de Pele

O câncer de pele é uma condição preocupante e cada vez mais comum em todo o mundo. Caracterizado pelo crescimento anormal das células da pele, pode se manifestar de diversas formas, sendo os tipos mais comuns o carcinoma basocelular, o carcinoma espinocelular e o melanoma. A exposição excessiva aos raios ultravioleta (UV) do sol é o principal fator de risco para o desenvolvimento do câncer de pele, destacando a importância da proteção solar e da realização de exames regulares da pele para detecção precoce. Embora geralmente tratável se diagnosticado cedo, o câncer de pele pode se tornar grave se não for tratado adequadamente, destacando a necessidade de conscientização e prevenção. Avanços recentes nas pesquisas apontam o sistema endocanabinoide como potencial alvo no combate ao mais agressivo dos cânceres de pele, o melanoma.

Leia mais »

Óleo de Semente de Cânhamo – Cuidado Natural com a Pele

O óleo de semente de cânhamo é uma fonte rica de ácidos graxos essenciais, incluindo ômega-3 e ômega-6, que podem beneficiar a saúde da pele. O óleo de semente de cânhamo pode ser utilizado como hidratante, adicionado a produtos de cuidados com a pele ou consumido como suplemento alimentar para melhorar a saúde da pele de dentro para fora.

Leia mais »